WMS: o que é e qual a importância para o seu negócio

A sua operação logística conta com um WMS ou as etapas da cadeia ainda são monitoradas de forma manual? Para quem busca acompanhar os movimentos do mercado e se modernizar desde os processos internos até a experiência do cliente, investir em uma tecnologia que permite que a otimização logística aconteça é fundamental.

Com o rápido crescimento dos e-commerces e o aumento das compras online, a adoção de recursos que possibilitem maior organização e melhor gerenciamento das operações logísticas se tornou prioridade para que a engrenagem dos negócios se mantenha mais ativa do que nunca.

Se você ainda não sabe o que é um WMS e como ele pode favorecer toda a cadeia logística da sua empresa, continue lendo esse artigo e saiba a verdadeira importância dessa tecnologia para o seu negócio.

O que é um WMS – Warehouse Management System?

WMS é a sigla para Warehouse Management System, um sistema de logística próprio para ser integrado com a cadeia de suprimentos. O objetivo principal de um WMS é otimizar e automatizar o gerenciamento dos processos de logística nos centros de distribuição. 

Com isso, todo o controle de estoque é feito pelo sistema, que monitora as etapas de forma automatizada desde a entrada do produto até o momento da entrega final.

O software é capaz de automatizar diversas atividades rotineiras dos colaboradores, reduzindo a falha humana e tornando o controle muito mais eficaz. 

Além disso, a maioria dos sistemas contam com recursos de análises inteligentes e insights em tempo real por meio de gráficos e informações precisas. 

Dessa forma, além de otimizar o gerenciamento interno, o WMS se torna um importante aliado para mensurar o desempenho do armazém e realizar novos planejamentos e tomadas de decisão baseados em dados. 

Como o WMS funciona e quais suas funções?

Para que o WMS funcione da forma correta e gerencie a cadeia logística de maneira automatizada por completo, o funcionamento do software é feito a partir da conexão com um banco de dados que registra as movimentações dentro do centro de distribuição utilizando sensores, código de barras e QR codes.

Assim, o WMS consegue registrar as entradas e saídas dos produtos, mantém o inventário atualizado com informações importantes como número do lote, validade, dimensões e peso, por exemplo. 

Além disso, o sistema orienta a organização do estoque, auxiliando também na otimização do espaço físico e elabora relatórios atualizados sobre os status dos itens dentro do centro de distribuição.

Benefícios do sistema WMS para a logística

Deu para notar que o uso do WMS pode trazer inúmeras vantagens para uma operação logística, tornando os processos muito mais ágeis e eficazes. 

Veja a seguir, outros benefícios que a implementação deste software pode proporcionar para o seu negócio:

  • Otimização dos processos logísticos 
  • Mais eficácia no gerenciamento de centros de distribuição e armazéns
  • Reduz custos no armazenamento e com quadro de funcionários
  • Aumento de produtividade
  • Auxilia na otimização do espaço físico 
  • Melhora o gerenciamento da equipe
  • Elaboração de relatórios completos e insights em tempo real para dar suporte nas tomadas de decisão
  • Diminui falhas humanas nas etapas da cadeia logística
  • Integração na comunicação interna
  • Potencializa o uso dos recursos humanos dentro da operação
  • Permite maior escalabilidade de negócio
  • Alta precisão nos processos
  • Melhor controle do estoque

Como escolher o WMS ideal

Uma operação logística não é feita de forma individual e, por isso, encontrar bons parceiros que estejam alinhados com as estratégias da empresa é fundamental para que tudo saia dentro do esperado sem riscos de surpresas negativas.  

A escolha do parceiro que irá fornecer o WMS deve ser muito bem avaliada para que o processo não seja prejudicado e os resultados sejam alcançados. 

Por isso, na hora de pesquisar as opções disponíveis, é importante entender a fundo quais são as suas necessidades e quais recursos o WMS deve oferecer para que as demandas sejam atendidas.

Tenha em mente que o preço ou a fama do fornecedor não garantem que a escolha seja a mais correta, já que os critérios de decisão devem estar sempre alinhados com as necessidades da sua operação.

Outros pontos importantes que devem ser avaliados na hora da escolha do WMS é se a ferramenta orienta cada etapa com alta precisão ou se os apontamentos são feitos de forma superficial. 

Além disso, é importante considerar os níveis de reports disponíveis no software, as possibilidades de rastreio e integração e a facilidade de configuração do sistema. Isso porque, a complexidade nessa etapa pode dificultar os processos internos ao invés de levar mais agilidade na rotina da sua equipe.

Investir em ferramentas que tornam a operação logística mais eficaz, automatizando processos e acompanhando os avanços do mercado é indispensável para quem deseja expandir e entregar bons resultados para o negócio. 

Para isso, além de inserir a tecnologia no dia a dia das atividades logísticas, é fundamental contar com parceiros que se preocupam em utilizar as melhores tecnologias, já que ela é a principal aliada para garantir a eficiência e produtividade para as entregas. 

Para saber mais dicas e informações atualizadas sobre o mercado, assine nossa newsletter e acompanhe nossos conteúdos no blog da Diálogo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
WMS: o que é e qual a importância para o seu negócio

A sua operação logística conta com um WMS ou as etapas da cadeia ainda são...

Entrega Expressa: como a Diálogo pode ajudar o seu negócio a decolar

Estar atento às necessidades do cliente é fundamental para aumentar a satisfação e fidelizar o...