Lockers: saiba como o varejo está inovando na logística urbana e acelerando as entregas

Quem tem o hábito de comprar online sabe que o prazo de entrega e o valor do frete são informações de grande relevância, que podem influenciar diretamente na decisão de seguir ou não com a compra. Com isso, empresas que atuam nesse segmento têm buscado diferentes soluções para aprimorar o last mile e fortalecer a experiência do consumidor. A adoção dos lockers é uma delas.

Os lockers nada mais são do que armários instalados em pontos estratégicos que recebem as compras feitas por usuários em uma loja online. Esse tipo de entrega oferece facilidade tanto para a loja, que reduz os custos em situações que o comprador não está presente para receber o produto, quanto para o transportador, que diminui os problemas de rota e segurança, por exemplo. Além disso, o cliente ganha mais flexibilidade para retirar seus itens no ponto de entrega que escolher.

Novidade no Brasil, os lockers já conquistaram o público norte-americano e europeu, comprovando que podem ser um importante aliado na logística urbana e um grande diferencial para acelerar as entregas. 

Continue a leitura e entenda como essa inovação pode agregar nas entregas last mile, como funciona na prática e quais são as principais vantagens de adotar os lockers como parte da estratégia logística no varejo. Acompanhe!

 

Lockers: a solução para desafios das entregas last mile

O last mile, etapa do transporte do pedido entre o centro de distribuição e seu destino final, é um dos momentos mais importantes dentro de uma operação logística. 

Isso porque, além de impactar na experiência geral do usuário, tem influência direta em outras etapas da cadeia, podendo ser responsável pela redução ou aumento dos custos de uma operação logística.

Situações como distância entre o centro de distribuição e o endereço final, problemas de segurança, dificuldade de acesso e ausência do cliente no momento de entrega (que gera custos para novas tentativas) são só alguns dos desafios das entregas last mile. 

Não é de hoje que as dificuldades no momento da entrega são um ponto de atenção entre transportadoras e gestores logísticos, mas o crescimento acelerado do setor e a mudança do comportamento dos consumidores exigem novas condutas para tornar as entregas ainda mais acessíveis.

É aí que os lockers surgem como uma alternativa altamente promissora para minimizar os desafios do last mile e entregar mais benefícios para todos os envolvidos.

 

Inovação na logística urbana: o caso da Amazon

Desde de 2002 na europa e 2011 nos EUA, os lockers contribuíram para a remodelagem do sistema de entregas de mercadorias, sendo a Amazon uma das grandes precursoras dos lockers como estratégia logística em solo norte-americano.

A opção de entrega utilizando os armários inteligentes foi uma alternativa à entrega em domicílio para a gigante da tecnologia, garantindo locais seguros e convenientes, com flexibilidade para retirada dos itens e tempo máximo de três dias. Passado o prazo, os pedidos que não eram retirados pelos compradores retornavam para o depósito e o cliente era devidamente reembolsado.

Atualmente, a Amazon Lockers está presente em mais de  900 cidades nos Estados Unidos, estrategicamente localizados em lojas de conveniência, supermercados, prédios de apartamentos e shoppings. A intenção da empresa é ter armários espalhados em lugares de fácil acesso, onde seus consumidores costumam frequentar para que essa alternativa seja realmente acessível e funcional. 

 

A adoção de lockers no mercado brasileiro

No Brasil, a modalidade de entrega ainda é vista como novidade. Embora recentemente alguns grandes varejistas tenham instalado lockers em pontos estratégicos para oferecer essa opção aos clientes, seu uso é pouco significativo. São poucas as cidades e os locais que contam com armários inteligentes. 

Assim, ainda temos um caminho a percorrer até que os lockers sejam uma realidade no país. É preciso investir na estrutura e expandir a modalidade para que ela possa realmente ser uma alternativa atrativa e gerar impacto nas entregas de última milha. 

 

Como funcionam os lockers

Não é preciso reinventar a roda para que uma inovação aconteça. Os lockers são soluções simples, mas que resolvem problemas pontuais nas entregas last mile. 

De tamanhos variados e protegidos por senhas, os armários guardam as encomendas até a retirada de seu comprador. Outra função que os armários inteligentes também cumprem é atuando como ponto de devolução de mercadorias. Dessa forma, a logística reversa ganha ainda mais agilidade.

Veja a seguir como os lockers funcionam:

  1. No momento de finalizar a compra, o comprador escolhe em qual ponto de coleta deseja retirar seu pedido  
  2. Assim que o pedido é depositado no armário, uma mensagem é enviada para o cliente notificando o status da entrega junto com a senha para abrir o locker
  3. Com isso em mãos, o cliente deve comparecer ao armário escolhido dentro do prazo estipulado pela loja e retirar a encomenda. Caso não compareça, o produto retornará para a central de distribuição e o valor será devolvido para o comprador.

 

Vantagens dos lockers: por que essa modalidade é uma aposta do varejo

São inúmeras vantagens que os lockers oferecem tanto para as empresas como para o público final. A eliminação do contato físico é uma delas – dessa forma, quem entrega não precisa encontrar quem recebe e, assim, a rotina dos entregadores não é afetada pela ausência do recebedor, por exemplo. 

Outros benefícios que os lockers oferecem e que os tornam uma aposta do varejo:

  • Maior facilidade na distribuição 
  • Aumento da eficiência das entregas
  • Redução de custos
  • Otimização da logística reversa
  • Maior liberdade para o cliente
  • Entregas mais rápidas

Com tantas vantagens, é possível afirmar que a permanência dos lockers é definitiva para empresas que atuam com estratégias omnichannel e que buscam soluções para fortalecer a experiência do consumidor, ao mesmo tempo que visa reduzir gastos com processos ineficientes de entrega. 

Para que isso aconteça com sucesso, é importante que haja investimos em sistemas de integrações e automatizações que garantam que os pedidos recebam as informações corretas, entregando mais autonomia para o consumidor desde o início até o final de sua jornada de compra.

Quer saber mais sobre tendências da logística e como tornar os processos mais eficientes? Acompanhe os nossos conteúdos e fique por dentro!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
WMS: o que é e qual a importância para o seu negócio

A sua operação logística conta com um WMS ou as etapas da cadeia ainda são...

Entrega Expressa: como a Diálogo pode ajudar o seu negócio a decolar

Estar atento às necessidades do cliente é fundamental para aumentar a satisfação e fidelizar o...