Frota própria ou frota terceirizada. Saiba qual a melhor opção de acordo com a necessidade do negócio

Ao escolher entre frota própria ou frota terceirizada para realizar a entrega de seus produtos, o empresário, na verdade, terá que optar entre controle e praticidade. Isso porque, se preferir ser dono da frota, estará no comando de toda a operação. Ele poderá alterar e traçar novas rotas, controlar datas e, em consequência, manter-se a par de tudo o que acontece. Por outro lado, terceirizando o setor de transporte, o empresário não terá que se preocupar com os veículos, com a manutenção, com a supervisão de motoristas e gestor de logística e uma infinidade de fatores que envolvem a área de logística. Mesmo terceirizando o serviço, o empresário continua informado sobre todas as entregas e da operação da contratada como um todo.

Mas enfim, qual a melhor opção: frota própria ou frota terceirizada? Tudo depende do que é prioridade para o empresário. Se este quer qualidade e praticidade, a melhor escolha é investir em uma frota terceirizada. Isso porque poderá deixar a cargo de uma empresa de confiança todas as operações que envolvem a logística. Quem trabalha com entregas sabe que não adianta fazer muitas vendas e não ter estrutura para entregá-las. Com uma empresa terceirizada de logística, é possível ter à disposição um sistema de primeira e não sobrecarregar o negócio com profissionais exclusivos a isso e gastos com a infraestrutura necessária.

Separamos quatro fatores que regem qualquer negócio e que podem ser decisórios na hora de optar por uma frota particular ou terceirizada. Confira:

1. TEMPO

A economia compartilhada (ou de compartilhamento) consiste em dividir um espaço ou um serviço, buscando a redução de custos e minimização dos impactos no meio ambiente. Ela tem ganhado espaço no mundo inteiro. Prova disso são iniciativas como Uber e Airbnb. Na logística ela se desenha como uma tendência por reduzir custos e otimizar espaços. Ou seja, muitas empresas de logística podem alugar seus galpões e/ou sua frota, ou ainda, terceirizar alguns serviços que são feitos em menor escala. Com isso, é possível reduzir significativamente os custos operacionais.

Cada vez mais as experiências de compra online vêm ganhando espaço no mercado pela agilidade do transporte. O principal aliado das lojas físicas é a pronta entrega – o cliente já sai com o que precisa na mão. Quanto mais os e-commerces diminuírem a espera entre o momento da compra e o do recebimento da mercadoria, mais ganharão competitividade. Conheça os 3 principais desafios de logística para os e-commerces.

Para isso, é preciso ter uma frota grande e espalhada pelo território nacional. Assim, por mais que o centro de distribuição seja em Santa Catarina, os produtos que vão para o Rio Grande do Sul e Paraná, por exemplo, conseguem simultaneamente chegar rapidamente. Carros de menor porte também ajudam na agilidade dentro das cidades.

2. Gestão

Uma frota própria carece de pessoas dedicadas à logística. Não só um gestor, mas também motoristas e responsáveis pelo carregamento do veículo. Dependendo do tamanho da operação da empresa, essa equipe pode ser maior ou menor, mas não deixará de dedicar o seu tempo de trabalho exclusivamente com isso. O tamanho da equipe definirá o quanto será gasto com ela, mas o lojista pode contar no planejamento com pelo menos duas pessoas bem treinadas para dar conta do serviço. Para negócios menores, o dinheiro destinado para os honorários desse setor pode fazer falta em outros, como desenvolvimento do produto ou vendas.

3. Dinheiro

A manutenção é um fator que  deve ser colocado na ponta do lápis na hora de decidir entre uma frota própria ou frota terceirizada. O investimento inicial em carros já é alto, e se pensarmos em e-commerce, é preciso ter em mente que o público alvo é – pelo menos potencialmente – o país inteiro. Portanto, além dos carros o lojista ainda precisará do apoio de outra forma de locomoção para enviar os produtos para regiões distantes.

Mas vamos focar nos carros próprios: além do custo inicial, existem ainda gastos com combustível, motorista, manutenção e eventuais acidentes. Se a empresa tiver uma equipe pequena, também é importante que se destine alguém para cuidar exclusivamente da logística. O custo de uma frota própria, portanto, vai além do valor inicial pago no veículo, é importante calcular as despesas mensais.

Por outro lado, contratar uma empresa para fazer esse serviço também não é barato. Neste caso, o que vale a pena é fechar pacotes trimestrais ou de maior tempo, senão o custo com o transporte esporádico de mercadorias pode sair bem alto. Saiba o que considerar na hora de escolher um parceiro para o transporte de seus produtos.

4. Praticidade

Se tempo é dinheiro, a  praticidade ajuda o lojista a economizar os dois. Com rotas bem planejadas e processos bem alinhados, a logística não precisa ser um problema, pelo o contrário, pode ser um diferencial. Seja com frota própria ou frota terceirizada, o importante é ter os processos bem desenhados para entregar agilidade e confiança para o consumidor. Isso só acontece quando as dinâmicas são claras e práticas, não causando enrolação nem para o lojista nem para o comprador.

O ideal é contratar uma frota terceirizada que conheça as rotas mais utilizadas dentro da região de maior volume de vendas do negócio. Assim, além de economizar com desvios desnecessários, ainda é possível ganhar no fator tempo e entregar o produto em segurança e com agilidade.

Com todas essas informações em mãos, é importante pensar o que faz mais sentido no momento do negócio. O custo benefício da terceirização da logística precisa ser pensado a longo prazo. Com uma entrega ágil e segura, os custos com SAC e logística reversa serão reduzidos. Empresas como a Diálogo Logística se tornam parceiras dos lojistas, pela qualidade do atendimento. Assim, mantém o mesmo cuidado que uma frota particular teria com as mercadorias. Além disso, na Diálogo é feito o acompanhamento online das entregas, o que permite identificar problemas – como endereço errado e rastreamento de produto – rapidamente e assim resolvê-los.

Se a empresa busca  praticidade, agilidade e segurança investir em uma frota terceirizada é a melhor opção. Conheça os serviços da Diálogo Logística e faça um orçamento.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Vendas on-line impulsionam os negócios em época de crise

Entenda como os recursos digitais conseguiram salvar as vendas Em tempos de crise, os consumidores...

Três dicas para evitar roubo de cargas

Saiba como minimizar riscos de assaltos a centros de distribuição e durante trajeto das entregas...