Black Friday: 5 dicas para preparar a logística do seu e-commerce

No próximo mês uma data muito importante para o comércio – em especial, para o eletrônico – é comemorada: a Black Friday, que está prevista para o dia 24 de novembro. Conforme dados do Ebit, em 2016 as vendas no período subiram aproximadamente 17% em relação ao ano anterior. Para 2017, estima-se que as vendas feitas somente por comércio eletrônico recebam um incremento de até 20% – conforme informações do Google. A empresa também frisou que o período representa o pico de utilização do buscador.

São muitos os sinais que mostram o potencial da Black Friday para os e-commerces. Por isso, trouxemos algumas dicas que podem ajudar na preparação de sua loja virtual para um dos momentos mais esperados do ano.

 

1 – Fique atento ao estoque

A Black Friday consiste em um período de aumento substancial das vendas. Por isso, é importante que seu e-commerce prepare o estoque. Considere quais os produtos mais vendidos e o perfil dos consumidores e reforce o estoque, mas tenha cautela para não adquirir produtos em excesso. Dessa forma, é possível atender à demanda sem prejuízos ao orçamento.

2 – Capacite sua equipe de atendimento

Com o aumento no número de acessos ao seu e-commerce, muitos questionamentos podem surgir por parte dos consumidores. Por isso, é essencial que sua equipe de vendas/atendimento esteja alinhada. Analise as principais dúvidas dos clientes, as intercorrências que podem existir no processo de compra e como solucionar os problemas enfrentados. Não deixe o cliente sem resposta, nem faça com que problemas técnicos o impeçam de realizar a compra.

3 – Disponibilize condições de pagamento competitivas

Cartão de crédito, débito ou boleto bancário. Ofereça condições que facilitem o processo de compra do cliente, já que muitos aguardam ansiosamente por esse dia. Como há uma grande opção de ofertas na Black Friday, as condições de pagamento oferecidas podem ser o fator decisório para a compra em seu e-commerce. Lembre-se também que a data é uma das que mais movimenta o comércio eletrônico no ano e que os valores gastos nas compras são considerados altos. O ticket médio do Black Friday do ano passado, por exemplo, foi de R$ 653. Ou seja, o consumidor está disposto a desembolsar um pouco a mais – resta ao seu e-commerce mostrar os motivos de ser o escolhido por ele.

4 – Cumpra os prazos de entrega acordados

Com o aumento significativo da demanda, os prazos de entrega de seu e-commerce merecem atenção redobrada. É importante frisar que trata-se de um período atípico e que as datas de entrega devem ser acordadas e cumpridas. Muitos consumidores, inclusive, já estão preparados para esperarem mais tempo por suas encomendas. Por isso, estime datas possíveis de serem cumpridas e alinhe-as com o seu parceiro logístico. Dessa forma, não serão criadas expectativas junto ao cliente.

5 – Ofereça descontos vantajosos

Os consumidores estão cada vez mais atentos aos valores aplicados no período da Black Friday. Por isso, é muito importante que sua loja ofereça descontos reais aos clientes. Os e-commerces que tentam “maquiar” preços e forjar descontos acabam desgastando sua própria imagem no mercado. Sendo assim, analise a margem disponível em sua loja virtual e busque oferecer descontos competitivos e atraentes.

 

A Black Friday consiste em uma oportunidade para o seu e-commerce ganhar visibilidade junto aos consumidores. Por esse motivo, é essencial estar preparado para ela. Não deixe de acompanhar nosso blog, pois abordaremos outros temas referentes à data e que podem impactar significativamente o seu negócio.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Vendas on-line impulsionam os negócios em época de crise

Entenda como os recursos digitais conseguiram salvar as vendas Em tempos de crise, os consumidores...

Três dicas para evitar roubo de cargas

Saiba como minimizar riscos de assaltos a centros de distribuição e durante trajeto das entregas...