E-commerce deve crescer 15% em 2017: como participar dessa oportunidade

As vendas do e-commerce mostram um grande potencial de crescimento. Mesmo com a recessão em diferentes áreas, o setor segue com boa expectativa de faturamento: espera-se que o aumento das vendas neste ano chegue a 15%.

Mas a sua loja on-line está preparada para aproveitar essa oportunidade? Observar o comportamento dos consumidores pode ser uma ótima alternativa para traçar estratégias eficientes e alcançar bons resultados.

 

Informações sobre o comportamento de consumo

A última pesquisa WebShoppers, promovida pela Ebit, mostra algumas características das compras feitas pela internet. Livros e eletrodomésticos encabeçam a lista dos mais vendidos em volume e faturamento, respectivamente. Sobre o perfil do consumidor on-line, o estudo mostra outros dados relevantes: 51,6% dos consumidores são do sexo feminino e 35% dos entrevistados têm entre 35 e 49 anos. A região Sudeste continua sendo a principal compradora: 60% das vendas registradas são destinadas à região.

Um indicativo interessante mostrado pela pesquisa foi o meio utilizado para realização das compras: 21,5% das transações foram realizadas via dispositivos móveis. Outra tendência revelada foi o aumento nas compras à vista: 42% dos consumidores preferem adquirir os produtos sem parcelar, devido aos incentivos e descontos proporcionados pelas lojas.

 

Como é o seu negócio?

Seu e-commerce vende produtos diversificados, destinados a diferentes tipos de consumidores? Ou apresenta um público-alvo definido (tanto em gênero quanto em faixa etária)? Identifique se há algo que pode ser potencializado para fidelizar os clientes e melhorar a experiência de compra deles. Quando o público é muito genérico, você pode estudar alternativas mais abrangentes (como descontos e taxas de entrega reduzidas). Quando o perfil de consumidor é mais específico, tente explorar a exclusividade dos produtos ofertados e faça com que seu e-commerce se diferencie entre os demais do mesmo segmento.

 

Atente-se para a saúde financeira do seu e-commerce

Para aproveitar as oportunidades e potencializar as vendas do seu e-commerce, certifique-se de que as finanças de sua empresa vão bem. Sabe-se que para oferecer promoções competitivas e ofertar uma grande variedade de produtos, é necessário investir. Mas não faça investimentos precipitados apostando tudo no incremento que está previsto para o setor. Certifique-se dos reflexos – tanto positivos quanto negativos – de suas decisões.

 

Perceba qual o meio utilizado para efetuar a compra

Os dispositivos móveis já se destacam entre os meios utilizados para efetuar compras. Que tal diferenciar-se ainda mais e oferecer um aplicativo exclusivo de sua loja? Se for viável (financeiramente) para sua empresa, considere a possibilidade.

 

Fique atento ao parceiro logístico

Não esqueça que a entrega é essencial para consolidar o sucesso da compra. Por isso, escolha um parceiro logístico que ofereça atendimento diferenciado e agilidade na entrega. Esse pode ser um ótimo caminho para fidelizar os clientes.

 

Condições diferenciadas de pagamento

Incentive os clientes que efetuam o pagamento à vista. Mas não esqueça de oferecer condições de pagamento atrativas também aos que compram a prazo. Taxas diferenciadas e descontos vantajosos podem fazer o seu e-commerce atrair ainda mais clientes e alcançar bons resultados neste ano.

 

Datas que ainda estão por vir

Apesar de já estarmos próximos ao final do ano, duas das principais datas para o e-commerce brasileiro ainda estão por vir: Black Friday e Natal. Que tal aproveitá-las? Ofereça promoções, reforce seu estoque e organize a dinâmica de entregas. Caso sua empresa já tenha registrado boas vendas, é a hora de ampliá-las ainda mais. Se os números de seu e-commerce não foram favoráveis até então, esse pode ser o momento de recuperá-los.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Vendas on-line impulsionam os negócios em época de crise

Entenda como os recursos digitais conseguiram salvar as vendas Em tempos de crise, os consumidores...

Três dicas para evitar roubo de cargas

Saiba como minimizar riscos de assaltos a centros de distribuição e durante trajeto das entregas...