Blog
Diálogo
Logística Inteligente

Marketing Digital para e-commerce: saiba como vender mais e reter clientes

em por

O marketing digital está revolucionando diversos setores da economia porque ele cumpre o que a internet apenas desenhava quando ela começou a se popularizar no mundo. Com o marketing digital as empresas conseguem atender de forma muito mais precisa, dialogar com os seus públicos de uma maneira diferenciada e vender mais. O marketing digital pode ser aplicado a diferentes segmentos e áreas de negócio, na logística e distribuição, por exemplo, ele também tem um papel muito importante.

O planejamento estratégico é fundamental para qualquer negócio, e isso não é diferente quando estamos falando de marketing digital. Alguns esforços acertados nesta área podem significar a conquista de novos clientes, a retenção e fidelização dos clientes antigos e uma melhor divulgação dos produtos com os quais você trabalha.

Uma dica fundamental antes do planejamento ser feito é que a estratégia de marketing digital para e-commerce para este ano e para os próximos leve em conta tanto o que foi realizado no ano anterior quanto considere as principais tendências do mercado.

Neste sentido, uma das maiores tendências do segmento, de acordo com um artigo do site da Academia de Marketing, é o aumento significativo da presença de pequenas e médias empresas no mercado online. Existe, na verdade, três correntes paralelas acontecendo hoje no Brasil: mais pessoas e empresas estão entrando no varejo online; mais lojas tradicionais e de rua estão abrindo uma frente no e-commerce; e empresas que tinham uma presença online mas que não vendiam produtos virtualmente estão começando a fazer isso também.

Esse aumento da concorrência mostra que uma boa estratégia de marketing digital para e-commerce pode fazer toda a diferença na hora de uma empresa fortalecer-se no ambiente virtual, vender mais e reter clientes.

Conhecer bem o seu público e trabalhar com uma comunicação dirigida para ele, além de ajudar a resolver as “dores” das pessoas para quem você está dirigindo o seu negócio também cria autoridade na internet e pode diferenciar o seu negócio de outros que atuam no mesmo segmento.

Confira algumas estratégias para vender mais online e algumas tendências de marketing digital para e-commerce que estão em alta no momento. Avalie quais destes tópicos fazem sentido para o seu perfil de negócio e para o seu público.

Como vender mais usando o marketing digital para e-commerce

  1. Conheça melhor o seu público e se relacione com ele

A comunicação de uma empresa com o seu público potencial e seus clientes sempre foi e cada vez mais é fundamental para o êxito nos negócios. A empresa Tekoa, especialista em marketing digital, comenta em um artigo sobre como aumentar as vendas online da importância que tem cada empresa investir em uma comunicação adequada para os seus públicos.

As empresas, quando são criadas, sempre pensam no público-alvo e nas estratégias para chegar até ele. Mas esta definição pode mudar com o passar do tempo conforme as mudanças naturais do mercado, do público ou mesmo dos produtos que a empresa comercializa. Por isso mesmo é tão importante monitorar sempre quem está comprando a marca e consumindo a proposta de valor da sua empresa.

Existem ferramentas no mercado que são utilizadas pelo marketing digital para e-commerce que ajudam a monitorar constantemente o perfil dos clientes de uma marca. Quando você trabalha com informações precisas e atualizadas, a sua estratégia de marketing passa a ser muito mais eficiente.

O marketing digital trabalha com a construção de “personas”, que são arquétipos dos clientes da empresa. Toda a estratégia de comunicação com estes públicos será feita a partir destas personas, o que ajuda a melhorar os resultados de cada campanha e do planejamento estratégico para as vendas.

  1. Procure um layout focado em conversão

A segunda dica do artigo da Tekoa é que você dê uma atenção especial para o layout da loja virtual da sua empresa. Um ponto fundamental, seja para o e-commerce, seja para um site qualquer, é que a pessoa encontre o que ela deseja com rapidez e de forma fácil.

Neste sentido, um conceito importante é o da taxa de atenção dos usuários. Esta métrica é a relação entre o que uma pessoa pode fazer e o que ela deveria fazer em um site. Por exemplo, se o e-commerce tem 100 botões (ou calls-to-action, “chamadas para a ação”) em uma única página, isso quer dizer que a taxa de atenção é de 1 para 100.

Quanto menor for esta relação – por exemplo, 1 para 10 – melhor para quem está tentando chamar a atenção de quem está visitando a página. Isso vale conteúdos e, princpalmente, para as vendas. Então evite encher uma única página com uma infinidade de produtos que acabam, no fim das contas, tirando a atenção do seu cliente para o artigo que ele quer comprar.

Pense em formas de estimular o seu cliente a explorar o seu site e abrir as possibilidades que você oferece sem que elas disputem a atenção dele logo no início do processo de compra. A meta é tornar as páginas mais “leves” e arejadas, fáceis de navegar em qualquer dispositivo – lembre que a cada ano cresce o acesso a lojas virtuais por smartphones.

  1. Estratégia de SEO com AMP

Entre as tendências de marketing digital para e-commerce em 2017 – e que certamente vão valer por diversos anos ainda – apontadas em um artigo da Resultados Digitais, está a adoção de uma estratégia de SEO com AMP. Vamos falar melhor sobre estes conceitos.

Como o próprio texto da Resultados Digitais define, “SEO é o conjunto de estratégias que tem como finalidade fazer uma página ser bem classificada pelos buscadores” para que ela apareça entre os primeiros resultados de busca das pessoas. Se isso é importante para qualquer site e empresa, imagine para lojas online.

Pois bem, dentro das estratégias possíveis de SEO, a que está em alta e que deverá dominar o mercado cada vez mais na medida em que os acessos de sites por smartphones crescem a cada ano, é a que trabalha com AMP (Accelerated Mobile Pages). Essa tecnologia integra um projeto do Google que otimiza as páginas para que elas sejam acessadas com maior rapidez em dispositivos móveis.

De acordo com a Resultados Digitais, a tendência é que sites que se preocupam com a experiência do usuário nos dispositivos móveis consigam um posicionamento melhor nas buscas do Google – que domina, assim como em outros países, como o buscador líder no Brasil.

  1. Maior segmentação em email marketing

Uma série de estratégias fazem parte do escopo do marketing digital para e-commerce. Além de ajudar a sua empresa a identificar e a gerenciar as personas que representam o seu público-alvo, o marketing digital cuida para que a comunicação com estes públicos seja feita de forma eficiente e agregando valor para os seus consumidores.

Uma das formas de fazer isso é através de conteúdos qualificados, seja através de publicações em blogs ou por meio de “conteúdos ricos” e mais aprofundados – como é o caso de infográficos e e-books. Outra estratégia utilizada para chegar até o seu público com a informação que ele deseja encontrar é através do email marketing.

Como bem observa o artigo da Resultados Digitais, o email marketing já é fortemente utilizado pelo e-commerce. A tendência a partir de agora é que este recurso seja cada vez mais focado no consumidor com “estratégias de segmentação mais refinadas”. A finalidade deste foco é entregar uma mensagem ainda mais personalizada – e, consequentemente, mais eficiente para converter esta entrega em vendas.

Para atingir este nível mais apurado de personalização o email marketing vai levar em conta não apenas o momento de compra do cliente, mas também as compras anteriores que ele fez e o perfil comportamental deste cliente (que tipo de informação ele consome, em quais categorias do e-commerce ele têm navegado, etc.).

  1. Estratégia também para as redes sociais

Quem tem um e-commerce não deve preocupar-se apenas com o site em que disponibiliza os seus produtos e serviços. Cada vez mais pessoas utilizam as redes sociais também em seus processos de compra. No artigo da Academia do Marketing sobre tendências de marketing digital para e-commerce dois tópicos falam sobre o assunto.

Como comentamos antes, o uso crescente de smartphones para navegar na internet leva também ao aumento do tempo em que as pessoas passam nas redes sociais. Como cita o artigo da Academia do Marketing, mais de 70% dos acessos ao Facebook feitos no Brasil já são realizados através de dispositivos móveis.

Então é impossível pensar em marketing digital para e-commerce e em aumento de vendas sem adotar estratégias para as redes sociais – especialmente para o Facebook. Uma das principais dicas é integrar cada vez mais a sua plataforma de e-commerce com as mídias sociais e tirar proveito delas.

Não é por acaso que a competição entre o Google e o Facebook na área de links patrocinados está cada vez mais acirrada. E a expectativa é que esta queda de braços aumente cada vez mais.

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *